02/09/2011 | por cleber

Categorias: Últimas Notícias

RS – Campanha coleta lixo eletrônico e devolve computadores novos

 

O que fazer com computadores, mouses e celulares velhos, se não há lixeiras coloridas pra depositá-los para reciclagem? A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (Fecomércio) do Rio Grande Sul lançou uma iniciativa para ajudar no descarte desses equipamentos e componentes. Em parceria com a Umicore, empresa de reciclagem de lixo eletrônico, e a Trade Recycle, que trabalha com coleta, desmontagem e destinação de resíduos, a Campanha de Recolhimento de Equipamentos de Informática e Telefonia Pós-consumo pretende dar a destinação correta às sucatas tantas vezes descartadas sem cuidado.

 

 

“Os 10 mais procurados da reciclagem”, como foram apelidados os lixos eletrônicos alvo da campanha, são: notebooks, carregadores, impressoras, monitores, placas de circuitos, celulares, cabos, mouses, gabinetes (CPUs) e teclados. Até 30 de setembro, postos de coletas serão montados em diferentes cidades gaúchas, alguns em dias específicos e outros durante todo o período da ação – como na capital Porto Alegre, por exemplo. Ao todo, são 113 municípios atendidos.

Para estimular a divulgação da campanha em redes sociais, a Fecomércio vai dar até cinco computadores novos. No site oficial, onde estão listados os equipamentos passíveis de reciclagem, há botões de compartilhamento no Twitter e no Facebook. Cada post é computado por um contador no topo da página: quando atingir 500 cliques, a Federação vai doar um computador. Se a meta de mil compartilhamentos for batida, mais dois PCs entram na conta, e o mesmo acontece se a campanha chegar a duas mil postagens. Os usuários também ajudarão a escolher as entidades que recebem as máquinas, através de votação, em outro momento da campanha.

“Nosso papel é gerar nas pessoas a vontade de descartar esse material, despertar o interesse das empresas em investir em questões sustentáveis e estimular os municípios a desenvolver projetos assim”, afirma o presidente do conselho de sustentabilidade e vice-presidente da Fecomércio-RS, Joarez Venço. A meta da campanha, segundo ele, é coletar 100 toneladas de lixo eletrônico e mais 20 mil celulares e componentes.

A conscientização das pessoas quanto à necessidade de dar o destino correto à sucata eletrônica é outro foco da ação. “Nosso objetivo é também mostrar à sociedade a importância da reciclagem em prol das futuras gerações”, afirma Ricardo Rodrigues , gerente de Desenvolvimento de Negócios da Umicore, parceira da campanha. “A causa ambiental é algo que mobiliza”, completa o executivo da Fecomércio.

Para a Federação, a iniciativa também é uma forma de contribuir para a implantação da Política Nacional de Resíduos Sólidos, instituída pela lei 12.305/2010 e que “reúne o conjunto de princípios, objetivos, instrumentos, diretrizes, metas e ações adotados pelo Governo Federal (…) com vistas à gestão integrada e ao gerenciamento ambientalmente adequado dos resíduos sólidos”. A iniciativa da campanha é da Fecomércio gaúcha, mas foi apresentada por Venço a representantes de outros estados e à Confederação do setor, e pode ser acolhida por outras unidades da entidade.

Fonte: Terra




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>