Instituto Doe Seu Lixo

Qualidade de Vida

Todo o processo que envolve a reciclagem contribui para diversas questões importantes para a nossa qualidade de vida.

Impacto no meio ambiente

Quanto mais reciclarmos, menor será o impacto negativo ao meio ambiente. Alguns materiais como o plástico e o metal, por exemplo, demoram mais de 100 anos para se decompor. E, se ficam expostos, podem contaminar vegetação, solo e animais.

Escassez de recursos naturais

Cerca de 50% de todo material descartado como lixo pode ser aproveitado ou recuperado como matéria-prima, sendo reutilizado na fabricação de um novo produto. Dessa forma, reduzimos a quantidade de recursos naturais que são extraídos da natureza.

Saúde pública

O lixo jogado a céu aberto, sem nenhuma precaução, é sinônimo de poluição e doenças, tais como: cólera, disenteria, febre tifóide, leptospirose, peste bubônica, entre outras. No Brasil, as doenças causadas pelo lixo matam mais de 4 mil pessoas ao ano. Além disso, o lixo espalhado na cidade entope bueiros, aumentando a incidência de enchentes. Já a queima do lixo lança no ar dezenas de produtos tóxicos, que variam da fuligem (que afeta os pulmões) às cancerígenas dioxinas (resultantes da queima de plásticos).

Inclusão social.

Impossibilitados de conseguir uma boa colocação no mercado de trabalho devido ao seu baixo nível educacional ou falta de oportunidade, algumas pessoas encontram na coleta seletiva uma forma de sobreviver e sustentar suas famílias dignamente. Com esse trabalho eles conseguem arrecadar, em média, de um a dois salários mínimos por mês ou até mais.